18 agosto, 2020





 

17 agosto, 2020


 

17 agosto, 2020


 

Sono do bebê

8 agosto, 2019


 

SONO NO BRASIL

8 agosto, 2019

Esse dado foi publicado ano passado em um estudo da Royal Philips.  Entre os brasileiros, as queixas mais comuns foram: insônia e apneia. O que tira o sono dos brasileiros são as preocupações financeiras, o uso das tecnologias antes de ir para cama e as preocupações relacionadas ao trabalho, segundo a pesquisa. As consequências mais comuns: cansaço (56%), a falta de concentração (45%) e (43%) dores físicas como dor de cabeça, pescoço e cólicas




 

SONO E SUA EVOLUÇÃO

8 agosto, 2019

É bastante instintivo entender que o sono muda com a idade, sobre a quantidade de sono normal para cada faixa etária, temos a seguinte recomendação:


4 a 12 meses: 12 a 16 horas - incluindo sonecas

1 a 2 anos: 11 a 14 horas - incluindo sonecas

3 a 5 anos: 10 a 13 horas - incluindo sonecas

6 a 12 anos: 9 a 12 horas

13 a 18 anos: 8 a 10 horas


Essa tabela deve servir como um guia, mas é importante ressaltar que existem variações individuais. É importante salientar que não existe “se acostumar a dormir pouco”e que logo mais ou logo menos as consequências da privança de sono aparecem, na criança a falta de sono costuma se manifestar com alterações cognitivas-comportamentais, já nos adultos a sonolência excessiva diurna é mais a comum das consequências.